Notícias

Instituto Mineiro de Direito Administrativo (IMDA) será presidido pela sócia Maria Fernanda Pires

Instituto Mineiro de Direito Administrativo (IMDA) será presidido pela sócia Maria Fernanda Pires

Agosto de 2017 - Toma posse no dia 30 de agosto, a nova diretoria do Instituto Mineiro de Direito Administrativo (IMDA), que terá como presidente a advogada Maria Fernanda Pires, e como diretora - secretária a advogada Tatiana Camarao, sócias do escritório. O mandato dos novos integrantes será para o triênio 2017/2020.
 
Mestre em Direito Administrativo e especialista em Direito Urbanístico, Maria Fernanda Pires explica que a entidade tem uma tradição na discussão de temas atuais do Direito Administrativo e é respeitada nacionalmente pela realização do trabalho nesta área. “A minha ideia é exercer uma gestão colegiada. O trabalho da entidade não é de uma pessoa só, é de um grupo. Os eventos e cursos realizados pelo Instituto são para agregar o maior número de pessoas, que vão ajudar no aprimoramento do conhecimento do Direito Administrativo”, afirma Fernanda, que também é doutoranda em Direito Público e professora de Direito Administrativo em cursos de graduação e pós-graduação.
 
O IMDA é uma sociedade civil de quase 30 anos de fundação, sem fins lucrativos, de duração indeterminada, com sede em Belo Horizonte. Entre seus objetivos estão a elaboração, debate e divulgação ou promoção de estudos e pesquisas em áreas especializadas de Direito Administrativo, como direito municipal e urbano, florestal, mineral e de telecomunicações, bem como a do ordenamento das regiões metropolitanas e da preservação do meio ambiente.
 
A cada dois anos, o IMDA realiza seu congresso, com o próximo marcado para 2019. Nos intervalos são formadas parcerias com universidades do interior para desenvolvimento de cursos como uma forma de levar o debate de temas atuais do Direito Administrativo a todos os lugares. Várias cidades mineiras já receberam estes eventos, como Poços de Caldas, Uberlândia, Montes Claros, São João del Rey e Contagem. Os próximos estão marcados para 2018 em Juiz de Fora, no primeiro semestre, e Itaúna no segundo.